segunda-feira, 6 de junho de 2011

Drugs



Hoje de manhã esqueci-me de tomar a paroxetina. Devia ter vindo a casa ao almoço tomá-la mas decidi que ia ser mais forte que ela e o raio do pânico. Na única vez em que me esqueci de tomar o comprimido, senti-me muito mal durante o dia. Desta vez só comecei a sentir os sintomas da falta do medicamento já perto da hora de regressar a casa. Não sei bem como é que cheguei a casa... pelos vistos o carro sabe mais ou menos o caminho e eu limitei-me a orientá-lo.

Tomei apenas metade quando cheguei a casa para não descompensar as doses. Apesar de estar com bastantes tonturas, fiz todas aquelas coisas normais que se fazem quando se chega a casa. Não contei a ninguém sobre o esquecimento.



E a moral da história é: apesar de estar a sentir-me mal, continuei a fazer as coisas. E o que é que isso me valeu? Nada! Devia era ter-me deitado...

12 comentários:

Bomboca do Amor disse...

Ainda bem que correu tudo bem!

P.S: desculpa aquele engano à pouco lá na minha caixa de comentários.

Beijinhos,
Bomboca do Amor.

mademoiselle joanne disse...

devias andar sempre com um comprimido no porta moedas ou assim para que quando te esqueças possas tomar logo...ressaca farmacológica é das piores coisas que ha, e para alem do mau estar fisico, fazes com que a medicação possa deixar de ser eficaz...leva isso a serio querida! beijo*

Rita Super-Mulher disse...

Mesmo assim não devias ter adiado a toma do comprimido :/

Philippa Style disse...

Concordo com os comentários das outras meninas. Devias de andar sempre com um comprimido na carteira. Às vezes não vale a pena brincar com a saúde.

Beijinhos

Lipa disse...

às vezes torna-se complicado quando queremos ser mais fortes do que a doença, ainda bem que correu tudo pelo melhor :)

teardrop disse...

Bem sei, vocês têm razão... Mas em 2 anos esta foi a 2ª vez que me esqueci :( Achamos sempre que não nos vamos esquecer! Já coloquei um na carteira e outro na bolsa do telemóvel. Obrigada pela vossa preocupação e carinho, de verdade!
Beijinhos a todas

Claudia disse...

Já passei por isso. Houve uma altura em que nem saia de casa se não o tivesse comigo. Hoje em dia, liberta, não totalmente, mas quase, sinto que me superei, que foi uma batalha ganha contra mim própria.
Sei bem que às vezes o efeito psicológico que sentimos só por termos o comprimido connosco, é como se estivéssemos mais protegidas...

Sonhadora * disse...

Ui, mas devias tomar sempre...!
Espero que estejas melhor agora ***

*Lili* disse...

É complicado quando se deixa de tomar as coisas assim, por esquecimento, mas acontece, e nenhum é livre de isso não acontecer. De qualquer das formas agora sabes que convém levares um extra contigo :) Como já disseram, não vale a pena brincar com a saúde e ressaca de remédios é do piorio. E digo isto porque de facto já me deparei com situaçoes dessas, não comigo mas com pessoas conhecidas. As melhoras querida*

http://realdreams-liliana.blogspot.com/

Pusinko disse...

Não entendo como podes ter sentido falta assim tão rapidamente, quando ainda fica umas semanas no corpo quando descontinuas.

são 20mg?
E todos os dias há anos?
Não será melhor falar com o médico e rever esse medicamento se causa tanta dependência?
Já tomei e reagi diferente, não posso comparar. Mas o síndrome de desmame não deveria manifestar-se por umas horasd e diferença.

Ainda bem que estás melhor agora. Descansa.

Beijinhos

JUST A GIRL disse...

Concordo com o último comentário. Devias se calhar consultar o médico. Eu tomo diariamente um medicamento desde os meus 16 anos e já aconteceu esquecer-me de o tomar e não senti a falta do mesmo dessa maneira tão preocupante.
De qualquer forma é apenas uma sugestão. Não sou médica nem coisa parecida:)
Desejo que estejas bem agora.

Soinita disse...

Querida, e isso não foi porque estavas preocupada por te teres esquecido do comprimido?
às vezes acontece...
De qualquer forma, espero que agora estejas bem melhor.
Eu sei bem o que isso é. :(
Beijinho