domingo, 25 de janeiro de 2015

Uma experiência sensorial

Ontem durante o meu passeio pelo Chiado, entrei na Muji e vi um difusor de óleos essenciais. Fiquei logo com vontade de o trazer para casa... mas o preço não era muito convidativo e acabei por não ceder à tentação. Estava para regressar a casa, quando dei de caras com a Casa na Rua da Prata. Entrei, só porque sim... e encontrei um difusor muito menos "elegante" mas muito mais amigo da carteira.

Trouxe-o comigo e regressei à Muji para adquirir os óleos essenciais, que nesses vale a pena investir. 

Assim que cheguei a casa, liguei-o e fiquei a saber que além de difundir o óleo, tem um led que vai mudando de cor. A sala ficou bem mais aconchegante, com uma fusão de aroma e cromoterapia!



7 comentários:

Lorena Del Mar disse...

No Natal ofereceram-me um difusor e gosto imenso. Dá uma aroma muito agradável à casa. Gosto do teu. É bem giro!

A Pimenta* disse...

Eu adoro esse tipo de coisas!

teardrop disse...

Lorena e Pimenta,
Estou a adorar tê-lo na sala, é mesmo reconfortante!
Beijinhos

ML disse...

Ando curiosa por saber se vale a pena. Gostava imenso de ter um, mas os que tenho visto são tão caros que desisto sempre.

teardrop disse...

ML,
O primeiro que vi custava perto de 100 euros. Tinha um modelo bem mais giro e deitava uma espécie de fumo com o óleo essencial. Depois vi este, que custou 13 euros e pareceu-me bem. Os óleos foram mais caros que o difusor :)
Beijinhos

ML disse...

13 euros? Quem me dera! :) Assim sim! E parece-me super giro!

medusa disse...

Adoro tudo o que tenha a ver com cheiros, cá por casa é difusores, velas de cheiro, queimadores de essências, queimadores de incenso...