quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Um Facto...



O meu cabelo está novamente gigante. Estou farta de o ver assim e preciso de um corte. Mas quero algo diferente, quero um sítio para me fidelizar já que o meu cabeleireiro habitual foi viver para longe.  Não quero um sítio convencional, não quero um local de culto das socialites nem onde tratem o cliente de acordo com o que veste... Recomendam-me então o Facto no Bairro Alto. Ligo para fazer a marcação. A partir da hora que posso, trabalhadora de escritório que sou, só têm marcação com o Antony. Mas… mas… o Antony é o homem por trás do Facto, é mesmo ele quem me vai atender?! Digo que sim, quem melhor que o criador do projecto para colocar as mãos (e a tesoura...) no meu adorado cabelo.

Chega o dia, reparo que a loja tem duas montras gigantes, janelas que mostram o que se passa no interior. Entro e digo que tenho marcação, sou guiada para um dos sofás e perguntam-se se quero tomar alguma coisa. Recuso gentilmente. Entretanto vejo pela vidraça o Antony a chegar (conheço-o de ter pesquisado na net) e a dirigir-se para mim. Não me conhece de lado algum, mas cumprimenta-me afavelmente no seu português londrino. Sinto uma empatia instantânea. Passo para o lado de lá, onde as maravilhas acontecem. A música é fantástica, o ambiente é retro, com toques sofisticados (como os candeeiros majestosos) e uma veia roqueira bastante forte que nos fazem querer ficar, como um bar onde estamos com amigos. Levam o meu casaco e a mala. Vou com o Antony para a cadeira ao lado da grande janela. Por um momento serei a estrela daquele cabeleireiro, a modelo da montra. Discutimos o que fazer, o Antony insiste para que beba um café novamente.

O cabelo é suavemente massajado, converso animadamente com a colaboradora que me está a atender. Sinto uma excelente energia no ar, um verdadeiro espírito de equipa e um local onde a simpatia é um imperativo.

Passo novamente para as mãos do Antony e deixo-o trabalhar o meu cabelo. Na minha mente tenho apenas uma imagem, quem me corta o cabelo naquele momento é Ville Valo, vocalista dos HIM, mas com o cabelo claro. São parecidos, até a roupa é semelhante. Começamos uma interessante conversa em inglês e refiro tudo o que estou a sentir. Antony confirma tudo o que me vai no pensamento, ir ao Facto é uma experiência.

Para mim foi uma experiência o mais positiva possível e muito melhor do que poderia imaginar, para mim é um privilégio ter um corte by Antony Millard. Há que seguir exemplos como este, onde a atenção está totalmente voltada para o cliente, onde se sente que os profissionais amam o que estão a fazer e transmitem-no a quem os visita. Fiquei rendida, o cabelo ficou fantástico. Vou voltar sempre.

Nota: Este texto foi escrito para o Trend Alert, mas não resisti a partilhá-lo convosco...

18 comentários:

XxxLoveIsBeautyxxX disse...

lovely blog! would you like to follow each other? let me know!

Lontra disse...

precisava de um cabeleireiro assim no norte...

anokas disse...

Ainda bem que gostaste, foi difícil, pelo menos para mim, arranjar um sítio de que gostasse, mas encontrei.

Essa foto é depois do corte?

teardrop disse...

Anokas,
Sim, é depois do corte, o cabelo estava muito maior :)

rosa_chiclet disse...

bem que experiência.. mas não troco a minha por ninguém...

kisses***

Banipupi disse...

E precinhos? É minimamente em conta ou é puxadinho?

Beijinhos,
Cat
banipupi.blogspot.com

Iza disse...

Está muito giro! Gosto :)

AjBernardo disse...

...pela foto tá magnifico !!

não mexas mais ;)

sandra disse...

Não cortes está tão giro :)

Dear Daisy disse...

Pois...o pior deve ser o preço...

Anita disse...

esta tao giro, não cortes.
bj e bom fds

secretasme disse...

Que giro ficou! É tão bom ir a um cabeleireiro e gostar!:)

*C*inderela disse...

Está bem giro, compensou :)

DiliciousBlush disse...

Tens de nos mostrar o novo corte :D

DiliciousBlush disse...

Tens de nos mostrar o novo corte :D

Mam'Zelle Moustache disse...

Bem, depois de te ler, também me apetece voltar a cortar o cabelo :) Já agora, com o café não oferecem um bolinho? ;)

(olha, é-me quase sempre impossível comentar os teus posts. Quando clico, saio automaticamente da internet... Já alguém mais se queixou ou só acontece comigo?)

Rachelet disse...

Que saudades do Facto! Aqui no Porto há uns quantos dentro do espírito, mas no Facto (sobretudo o FactoLab, junto ao Lux, não sei se ainda existe ou se agora é só o do Bairro Alto) é que eles sabiam mesmo como cortar-me o cabelo de forma a ficar bom mesmo quando já tinha passado uns quantos meses.

Su disse...

Eu estou a precisar de um cabeleireiro novo!