quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Há gente muito mal agradecida!


Hoje, após o almoço, regressávamos ao trabalho e comentávamos o calor que estava. Uns jovens pouco mais velhos que saiam da Escola das Novas Oportunidades começaram a armar-se em engraçados e quando voltámos numa curva e eles seguiram em frente, lançaram um "Se estivessem a trabalhar não tinham tanto calor..."

Pois é... como não somos pessoas de descer a este nível, não respondemos. A verdade é que somos todas pessoas que se fartam de trabalhar e éramos só mulheres, porque caso contrário tinham ficado calados desde o início. Comentários como este demonstram o quão bem aplicado é o dinheiro que nos sai dos bolsos todos os meses (não generalizando, obviamente). Dinheiro de quem trabalha efectivamente!

21 comentários:

apenas umas letras disse...

olá. foram muito antipáticos. Isso faz lembrar os trolhas que assobiam quando se cruzam com mulheres. Sempre achei isso mal, desde pequeno. Um vizinho meu, que trabalha desde os 14 anos, não tem gosto pela roupa, anda só com roupa preta, porque é doido por música metal. Ele é boa pessoa, um pouco brusco a falar ( vivo em Valongo, da terra de 4 actores de " balas e bolinhos " que está no cinema ) mas é boa pessoa. Tem rios de dinheiro, mais de 70 mil euros, segundo uma tia disse no café, mas não toca no dinheiro, porque desde os 14 anos foi habituado a entregar o dinheiro aos Pais e não sabe mexer com multibanco. Gostava de ter um portátil, mas como não mexe no dinheiro, não o tem...Os pais já tentaram que ele tirasse a carta de condução, mas desistiu. Continuando... este meu vizinho e amigo, quando vai de carro comigo, abre o vidro e lá manda uma boca às mulheres, desde que sejam ao gosto dele. Acho isso mal e uma vez já lhe disse " não faças isso no meu carro. comporta-te ", mas não vou deixar de ser amigo dele, por ele não ter gosto na roupa e por ser assim quando anda de carro. Fizeram bem em não responder, sabe-se lá o que poderiam fazer a seguir, não é ? beijos e cont. de uma boa noite.

Uma Rapariga Simples disse...

As pessoas andam a ficar malucas! As que menos fazem são as que mais exigem. Estamos a ir num rico caminho, estamos. :/

Chuva de Prata disse...

É com cada uma, esta gente anda toda maluca... caramba!

FME disse...

Que grandes bestas!!

Filipa Andrade disse...

Infelizmente sei o que isso é...
Não imaginas o que é estar à frente de uma turma e ouvir comentários desse género e piores todos os dias e a toda a hora! Felizmente há pessoas que entendem o outro lado...
Mas custa aturar certas coisas, sabendo eu que grande parte do que ganho quando estou em frente a eles, vai direitinho para os bolsos de alguns desses que muito falam...
Foi um desabafo! ;)
Beijinhos

S* disse...

Que descaramento.

Marta disse...

aí pá dois pares de estalos a cada um! pimbas!
beijinhos

Sem açucar, se faz favor - disse...

Concordo com o que disse a Uma rapariga Simples...
Deixa lá, de certeza que não obtiveram o crédito para passar no módulo e tinham que descarregar em alguém eheheh =)

Estudante disse...

Se tivesem ficado caladinhos tinham feito melhor --'

D.Pereira disse...

eu pelo que sei, trabalhar causa ainda mais calor! :c são ignorantes deixa lá...

colibri esverdeado disse...

Fizeram bem, ignorar é o melhor remédio para essa gente.

Pocket of Sunshine disse...

Enfim... É com cada coisa!

Li Menina Mulher disse...

Quem não tem nada de jeito pa dizer mais valia estar calado. Enfim! Gente triste

DiliciousBlush disse...

As novas oportunidades é mesmo para pessoas sem educação nenhuma e nunca a vão ter é deitar dinheiro ao lixo

Uma Rapariga Simples disse...

DiliciousBlush, essa ideia é simplista. Já dei formação nas NO e garanto que nenhuma hora que dei foi para encher chouriços. As senhoras da formação queriam realmente saber mais, muitas para poderem acompanhar os filhos nos estudos. Chegavam a comentar que lhes emprestavam os apontamentos das sessões. Se é assim com todos, em todo o lado e com todos os formadores, não sei, mas que a ideia original das NO fazia sentido, isso sei. Muito mal aplicada em variadíssimos casos, ainda assim não foi um fracasso completo.

showyoumylove disse...

realmente, há pessoas que não têm noção nenhuma. e é verdade... «que mundo é este?», que boa pergunta. infelizmente, encontro-me sem resposta. é o mundo que temos, quer queiramos, quer não.

Karina sem acento disse...

Na volta são os primeiros a não fazerem nada da vida...

Anónimo disse...

Muito sinceramente acho que as Novas Oportunidades é um tapa-olhos, ninguém aprende nada consistente nesses programas. Antigamente quando existia o ensino recorrente por unidades capitalizáveis, os alunos frequentavam e aprendiam exactamente como os alunos do diurno, aí sim podemos dizer que concluiam o 12º ano em pé de igualdade com os outros alunos. Agora, fazem uns trabalhos aqui, uns trabalhinhos ali (e tantos plagiados descaradamente!) sem grande consistência. Se interrogarmos esse alunos sobre conhecimentos que eu acho essenciais para um aluno que vai terminar o 12º, eles não sabem rigorosamente nada. Essa foi mis uma medida para brincar com o dinheiro dos contribuintes, continuavam com o ensino recorrente que estava muito bem mas é verdade para tirar o 12º ano era necessário estudar, agora brincamos ao faz de conta!

patrícia disse...

Isso é mesmo triste -.-
Por essa ordem de ideias, eles já teriam derretido.

Viagem com tudo incluído disse...

Que mal-educados. Há gente que de facto não merece nada.

Guinhas disse...

Absolutamente ridiculos...