domingo, 8 de novembro de 2009

A odisseia das lentes de contacto

Depois de 10 anos a usar óculos. Depois de já ter usado 3 óculos diferentes (uma média de uns óculos por cada 3,333 anos não é mau), eis que pensei em testar o uso de lentes de contacto só para usar esporadicamente.
Lampeira, lá fiz o primeiro teste de 1h em que é a optometrista quem põe e tira as lentes. Correu bem a colocar, a tirar a segunda lente demorou eternidades. Seguiu-se o teste de uma semana. Fui buscar os 7 pares de lentes e o primeiro par foi colocado por mim depois de uma odisseia de tentativas e muitas lágrimas. Ficou provado que os meus olhos não sofrem de falta de lubrificação, bem pelo contrário. Decidi então ficar com as lentes para depois as retirar quando chegasse a casa, porque supostamente ela ensinou como se retiravam. A verdade é que quando as quis ir retirar não conseguia. Após ajuda do meu futuro isposo, que já usou lentes de contacto, continuei com elas colocadas e com os olhos cada vez mais irritados. Até que ele se lembrou de uma técnica de retirar as lentes com a cara para baixo e foi assim que consegui pescar as duas lentes depois de uma luta titânica. Depois desse dia e por ter o condicionamento de não poder exceder as 9h/dia com as lentes, não voltei a colocá-las...
Amanhã tenciono voltar a pôr, afinal tenho que as testar para obter o veredicto final. Já andei a pesquisar técnicas para ajudar a colocar e tirar as lentes.
É tão estranho ver bem a minha cara sem os óculos passados tantos anos... é tão estranho ver sem perder a visão lateral que se perde com os óculos. Mas sabe tão bem! Espero no sábado poder usá-las.

1 comentário:

Anónimo disse...

www.lentesdodia.com