domingo, 20 de setembro de 2015

A rapariga dos marcadores

Ontem durante um passeio no Parque das Nações fomos abordados por uma jovem. Olhos claros e cheios de esperança, sorriso tímido mas sincero. Vinha com um molho de papéis coloridos na mão e ao chegar perto de nós, pensei que andasse a vender rifas.

Não eram rifas mas sim marcadores de livros, simples, feitos por ela com folhas coloridas e um desenho em cada um deles. Perguntou se queríamos ajudar porque estava a juntar dinheiro para a faculdade. 

Fiquei a pensar nela durante algum tempo. Quantas pessoas há por este país naquela condição? Fui bolseira quando andava na faculdade e não consigo ficar indiferente a estas situações. Espero que os estudos lhe corram bem e que o futuro lhe sorria. 


12 comentários:

A Polegarzinha disse...

Sendo verdade, é incrível a coragem!

MissLilly disse...

Nao sei se na altura teria tido a mesma coragem, mas espero que consiga juntar o dinheiro que precisa :)

ML disse...

Que a vida lhe sorria! Fico mesmo sensibilizada com estas situações. Não é á toa que escolheu fazer "marcadores de livros"... podia ter feito muita coisa mas os livros estão lá. :)

MAG disse...

Também espero que corra tudo bem com ela! Teve coragem e quer estudar, tudo coisas que devemos louvar!

teardrop disse...

Estávamos 5 pessoas e a todos nos sincero... E o modo como nos abordou foi algo tocante (a mim porque pensei que podia ser eu há uns anos). Espero que consiga!

teardrop disse...

Também não sei se teria tido essa coragem... Acabei por me rever um pouco nela. Sem bolsa não teria conseguido fazer o curso :(

teardrop disse...

Mesmo... Foi isso que também me marcou. E podia estar só a pedir, mas não... Fez algo simbólico para retribuir!

teardrop disse...

Concordo, há tantas pessoas com imenso potencial e que não conseguem estudar por razões económicas :(

Rita disse...

Que a rapariga e todos os outros como ela tenham boa sorte:)

Briana disse...

Pena que muitas pessoas têm o sonho e tentam continuar estudos enquanto outros desperdiçam essa oportunidade andando por lá a passear

IceQueen disse...

Também estive por lá no sábado e essa rapariga também me abordou. Não consegui ficar indiferente à situação e tive que lhe comprar um marcador (por acaso eram muito fofinhos ^^). Depois continuei a olhar para ela e vi-a a falar com outras pessoas. Mas mais ninguém quis ajudá-la, ninguém lhe comprava nada...deu-me pena =\

teardrop disse...

IceQueen,
Algo me dizia que escreveria o post e havia de haver alguém que também se tivesse cruzado com esta menina. Quando nos abordou não estava mais ninguém por perto. Fiquei com esperança que as pessoas a ajudassem :((((
Beijinhos