quinta-feira, 14 de maio de 2015

Do acordo ortográfico

A primeira coisa que me veio à cabeça quando li que desde ontem escrever na grafia antiga era considerado erro foram estas geniais frases do Fernando Pessoa:
 
 
No trabalho já uso o acordo há bastante tempo mas confesso que me custa um bocadinho escrever segundo algumas das regras. Peço desde já desculpa pelos possíveis erros que possam aparecer por aqui...

4 comentários:

Jo disse...

Eu vou continuar a escrever como escrevia porque não percebo a necessidade deste acordo nem concordo com a sua implementação. Quando - em situações escolares, profissionais,... - for obrigada, pois que terei que o fazer, mas até lá: não, obrigado!

Romanov disse...

está a custar-me horrores adaptar-me ao acordo!

Shinobu disse...

eu cheguei a um ponto que já não sei o que escrevo. na universidade já era obrigatório, agora estou numa formação onde não me obrigam, não sei se retrocedi ou não neste aspecto ou aspeto que não soa nada bem.

C*inderela disse...

Eu não sou a favor deste acordo, há palavras que ficam com duplo sentido, o que não faz sentido!