sábado, 15 de novembro de 2014

E a paroxetina?

Neste momento estou apenas com 1/4 da dose que fiz durante 5 anos. Se estou maravilhosamente bem? Não. Há dias em que descompenso mas tenho estado submetida a situações complicadas. Sei que mesmo para pessoas que não têm problemas de ansiedade e pânico seriam dias difíceis de gerir. Desde que tomei a decisão de baixar a dose para descontinuar a terapêutica nunca pensei em desistir. Sei que é o melhor caminho. 

Estou a fazer o desmame há cerca de 6 meses, foi um longo caminho que está perto do fim!


P.S. Quem acompanha a página de FB do blog sabe que recentemente tive um problema de saúde. A parte irónica é que estou prestes a deixar a paroxetina mas terei que tomar outro tipo de medicação por um longo tempo, provavelmente até a vida toda. Pensamento positivo, é para o meu bem e tudo se irá resolver!

4 comentários:

Gelatina de morango disse...

Não andas com muita sorte no que toca à saúde...
Espero que fique tudo bem e parabéns pela força de vontade quanto à paroxetina =).

Cátia disse...

As melhoras*

Rita disse...

Olá querida tudo bem? Olha chegas-te a aceitar o convite que enviei para o mail do teu blog para poderes continuar a ler o meu? Beijinhos

DiliciousBlush disse...

Também ando a tentar fazer o desmame só victan que já ando a tomar há mais de um ano :( e nem sempre é fácil...