quinta-feira, 13 de março de 2014

My religion...

A minha religião é nenhuma. Não sigo nenhuma doutrina, tenho a minha própria fé... Como já aqui disse, a minha família é uma autêntica salada de frutas no que diz respeito a crenças. Fui conhecendo todas e não me consegui identificar totalmente com nenhuma.

No entanto, precisamente sobre religião, a que não tenho, duas notas sobre os dias de ontem e hoje... 

Perdemos D. José Policarpo, uma pessoa que apreciava bastante. Lembro-me de ouvir falar dele ainda antes de ser o Patriarca de Lisboa porque vivi perto do irmão e da sobrinha, sendo que toda a família lhe tinha grande apreço. Mais tarde, celebrou a missa da minha benção das fitas e disse palavras que nos tocaram profundamente, lembro-me de termos chorado ao ouvir o seu discurso. Era um homem que dizia o que pensava, que não era perfeito mas não o escondia. 

O Papa Francisco comemora 1 ano de Pontificado e penso que está a ser revolucionário. Tenho acompanhado o seu percurso com curiosidade. Gosto da simplicidade, da espontaneidade e do sorriso. Gosto das suas ideias e do poder que tem de agregar pessoas.


"os homens se podem entender, porque o que têm em comum é prévio ao que os separa"
D. José Policarpo

2 comentários:

Estrelinha Sónia disse...

Sou católica. Sigo a religião à minha maneira. Tenho a minha fé, as minhas crenças. E fico tão feliz de ver que o Papa Francisco com a sua simplicidade tem mudado a própria igreja e a maneira como se vê a religião hoje em dia.
E tal como tu, também admirava D. José Policarpo, acima de tudo pelo homem que era.

Paula Nogueira Guerra disse...

Isto de igrejas e religiões tem muito que se lhe diga... a católica para mim é uma das piores, mas há excepções assim como em tudo na vida.

Bom fim de semana ♥