quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Just believe!

Para todos os que desejaram que não desse ou não dê certo... tenho pena, mas respondo com um "só se consegue fazer mal a alguém se essa pessoa deixar". Algo que digo desde os meus 15 anos, quando descobri o poder da inveja. Inconscientemente, já estava a fazer algo que mais tarde aprendi com "O Segredo" e, depois, com o Reiki. 

O poder de acreditar é algo verdadeiramente transcendente. E só quem já viu acontecer consegue perceber verdadeiramente isto que estou a escrever. Muda a nossa vida, a visão de nós próprios e dos outros!

Já sei que o disse várias vezes, mas... ACREDITEM SEMPRE (mesmo quando parece que é muito difícil, ou melhor, sobretudo, quando parece muito difícil)!

  
Anne Hathaway






15 comentários:

Maria disse...

Basta aguardar que tudo tem o seu tempo e hora para acontecer :)
Beijinhos... :)
Nota: e vês como aconteceu mesmo!?!??! :P

teardrop disse...

Maria,
Isso é mesmo bom! Gostei de saber :)
Beijinhos

Isabel Simões disse...

:)

Anónimo disse...

Força!

IsaMar disse...

Eu sofro de pessimismo e acreditar é-me sempre dificil.

Alex disse...

O poder de acreditar é fortíssimo!

Maria disse...

Temos de acrdeitar sempre!

Dear Daisy disse...

:D

Palavra Já Perdida disse...

Sem dúvida !
Basta acreditar :)

Diana Santos disse...

Concordo! Sou uma seguidora dos ensinamentos do Segredo! Mudou completamente a minha vida! Acredita e tudo conseguiras atingir!

Ella ♡ disse...

Ás vezes é difícil acreditar. As dúvidas surgem sempre. Mas eu não desisto e a cada dia que passa tento fortalecer esse meu lado, tento não deixar de acreditar nunca. :)

Beijinho :)

Andie disse...

olá :) eu sou uma céptica por natureza. Traduz-se em muitas coisas da minha vida, como por exemplo, no meu gosto pela ciência. Olhar crítico é essencial em muitas coisas que fazemos na vida. O "poder de acreditar" ou o quer que queiras chamar, para mim parece-me simplesmente ter auto-confiança. Isso é óptimo, sobretudo para aquelas pessoas que são tendencialmente tímidas, reservadas e com medo de serem criticadas pelas suas ideias ou acções. Mas a auto-confiança em excesso é algo que também nos pode deixar tristes. Nem que seja porque podemos colocar-nos num patamar de pensar que as coisas vão sempre correr como planeado, e depois verificarmos que assim não acontece e levar-nos à desilusão. Isso é tudo muito normal. É razoável sentirmo-nos desiludidos. O que eu acho que é importante mesmo é saber aceitar e saber deixar ficar para trás certas coisas que não corram bem ou que não acontecem como queríamos ou planeávamos. Cada um cria a sua filosofia de vida (idealmente através da introspecção de si mesmo), mas pessoalmente acho que o ideal é saber distinguir que coisas na vida podemos controlar daquelas que não podemos controlar. O ideal, para mim, é saber viver em paz com essa distinção e com as nossas decisões, e saber deixar para trás as coisas menos boas, que muitas vezes são as que estão relacionadas àquilo que fugiu do nosso controlo.

Posto esta minha retórica, desejo-te muitas felicidades e muita paz. :)

Andreia Morais disse...

Eu acho que acreditar é meio caminho andado, por mais difícil que seja fazer isso em algumas situações. Mas devemos acreditar sempre, sobretudo em nós

Beijinhos*

A Pimenta* disse...

Há muito que ouço falar do Reiki. E tenho bastante curiosidade sobre esta prática. Um dia se puderes fazer um post sobre o reiki e aquilo que trouxe de bom para o teu crescimento pessoa, acho que seria interessante partilhar.

Susana Santos disse...

eu sou muito pessimista, tento acreditar mas acabo por pensar que tudo vai acontecer como eu não quero