quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Sobreviver

É o que tenho feito nos últimos tempos. Não tenho conseguido viver, é essa a verdade. Hoje num momento mais complicado, tive que ligar ao querido e ele disse-me aquilo que eu sei, mas que não estou a ser capaz de fazer.

Ainda não fizemos a nossa árvore de Natal, algo que fazemos assim que começa o mês. A sala ainda está fria e vazia, os presentes que já embrulhei numa tarde de fim-de-semana estão amontoados na cadeira de ler dele. Os que estão por embrulhar estão espalhados pelos mais diversos sítios. Alguns escondidos porque são para ele. 

Faço anos daqui a 12 dias, a emoção que costuma tomar conta de mim ainda não se conseguiu manifestar. Tenho a festa dos 30 com os amigos convidados e a ementa por fazer. Tenho muitas das coisas compradas porque comecei a pensar nisso com 2 meses de antecedência. Foi porque tinha mesmo que ser, caso contrário, agora não tinha nada. 

Isto vai ter que tomar rumo. Quero voltar a viver!


22 comentários:

Marta FG disse...

Então, muita força querida! A torcer para continuares a viver. Lembra-te do conselho do meu avô com 95 anos: "ai filha, se eu tivesse agora 60 anos, estava tão bem"! Beijnhos.

www.viajarso.blogspot.com

rosa_chiclet disse...

Ai, Ai.. não gosto nada de te ler assim.. estavas tão entusiasmada com este mês..

força e anima-te estás quase a virar um trintona :)

kisses***

teardrop disse...

rosa_chiclet,
Pois era... mal eu sabia o que me esperava. Está a ser o verdadeiro "Nightmare Befora Christmas". E bem diferente do filme!
Beijinhos minha querida

milkadreams disse...

Muita força! Estamos aqui para te apoiar e te ver vencer :)

Beautiful Day disse...

Muita força!

Beijinho grande*

Isabel Simões disse...

Não comento muitas vezes os teus posts, mas leio-os com atenção e revejo-me em muitas coisas. Certamente saberás o motivo pelo qual te sentes assim...pois há sempre uma razão...nós às vezes é que não a queremos ver...ou falta-nos a coragem para mudar. Eu sinto-me a "sobreviver" há anos...no meu caso são razões profissionais e nestes anos todos nunca tive a coragem de fazer um corte e mudar de vida de uma vez por todas. Por motivos financeiros, por medo de arriscar...sei lá. Este ano estou decidida a tomar uma decisão. Sinto que já perdi tempo demais. Tenho 44 anos e não quero continuar a desperdiçar tempo. Vamos ver se na hora H não me falta a coragem...mas esta mudança profissional é o que me falta para me deixar de sentir a "sobreviver". Procura a tua razão, aquilo que é preciso mudar..e VIVE! Desculpa o desabafo...espero que não me aches uma atrevida e não me leves a mal. ;)

teardrop disse...

Isabel Simões,
Desabafos e comentários, reflexões e pensamentos são sempre muito bem vindos. Gosto de saber quem está desse lado e sente o mesmo.
Muito obrigada pelas palavras. Sei o que é, mas neste momento é inevitável. Sei que é passageiro mas está a demorar mais do que pensava :(
Beijinhos grandes

GATA disse...

Tal como a Isabel Simões, eu 'sobrevivo' há cerca de 12 anos... Não falo da minha vida, nem aos meus poucos amigos, mas aprendi a ser uma excelente actriz, porque a cara não reflecte a alma. Jamais!

Beijos, e força! E, sobretudo, não faça as mesmas asneiras que eu!

A Pimenta* disse...

Força nisso e toca a dar a reviravolta! :)

maria madeira disse...

Fases. Apenas fases. Umas melhores do que outras, mas felizmente acabam por terminar para dar inicio a algo bem melhor. Por vezes são essas fases menos boas que nos tornam mais fortes para enfrentar o futuro. Sei disso por experiência própria.

Força :)

Sofia Araújo disse...

Como te entendo! Ultimamente parece que a vida passa mas não a consigo acompanhar...

O Blog da S. disse...

Ha alturas assim... mas isso passa! :)

O meu reflexo disse...

Este ano senti-me assim a maior parte das vezes, mas la fui buscar forças!!! Por isso ve la se vais buscar forças para voltares a viver.

Horas Desnaturadas disse...

Tens de.vasculhar dentro de ti a pouco força que tens neste momento e seguir em frente. Hoje estas assim,amanhã acorda e consegues continuar a sobreviver como antes mas sobretudo com essa pequena,que seja, força que ainda resta. Porque a há sempre. O que tens que fazer é ir fazer a árvore de natal de uma vez que vai ajudar certamente,um bocadinho, depois de veres o resultado final. :)

medusa disse...

vá vamos lá arranjar ânimo!!

A Gata de Saltos Altos disse...

Há sempre aqueles momentos em que nos sentimos mais em baixo. Mas levanta a cabeça e sorri! Tens uma vida e só tu podes dar-lhe o rumo que pretendes. Anima-te! Deixa-te contagiar pela magia desta altura. Estás quase a fazer anos, dia de receberes muitos mimos.
Faz a árvore já este fim-de-semana, não deixes passar mais tempo. Vais ver que aos poucos ficas contagiada e arrebitas! =))

Um beijinho d'A Gata e FORÇA! SORRI *

http://agatadesaltosaltos.blogspot.pt/

A Gata de Saltos Altos disse...

Há sempre aqueles momentos em que nos sentimos mais em baixo. Mas levanta a cabeça e sorri! Tens uma vida e só tu podes dar-lhe o rumo que pretendes. Anima-te! Deixa-te contagiar pela magia desta altura. Estás quase a fazer anos, dia de receberes muitos mimos.
Faz a árvore já este fim-de-semana, não deixes passar mais tempo. Vais ver que aos poucos ficas contagiada e arrebitas! =))

Um beijinho d'A Gata e FORÇA! SORRI *

http://agatadesaltosaltos.blogspot.pt/

Gato Preto Gata Branca disse...

Todas nós passamos por esses momentos, todos os conselhos são bem vindos, mas a mudança de espírito só depende de nós! Por muito em baixo que me sinta, tento pensar sempre que existem pessoas em bem pior estado do que eu. Não que isso me faça sentir superior ou desvalorizar os meus problemas, mas serve para pensar se será mesmo necessário estar assim ou vou fazer com que a minha vida valha a pena ser vivida...
Força e anima-te afinal este é o teu mês :)

João disse...

Vais conseguir! às vezes é bom quebrarmos as tradições e fazermos as coisas de forma diferente. Este ano só hoje estou a montar as árvores de Natal também.

Beijinhos ^^

Anna Marian disse...

Oh querida :( leio muitas vezes as tuas palavras e dessas vezes há sempre altos e baixos. Parecendo que não revejo-me um pouco na tua vida, mas recuso-me a pensar que estou a sobreviver. Nem pensar nisso ! Quero agarrar aquilo a que tenho direito e fazer disso a minha felicidade. Custa bastante, claro que custa... mas como disseste muitas vezes e acredita que foste uma das minhas principais forças ! É preciso acreditar. ACREDITA EM TI E NO QUE ÉS CAPAZ DE FAZER. Força minha querida. Beijinho desta "desconhecida" amiga que só te deseja bem xxx

Borbulha na Testa disse...

Tens mesmo que te animar! Força :)

Mrs. BlueBerry disse...

Espero que o ânimo chegue a esse lado logo, logo.

Força*