sexta-feira, 29 de março de 2013

Sweet 29...


A querida Mary deixou este comentário no post em que falava na minha festa dos 29 anos. E eu não me podia identificar mais com o que ela escreveu. A verdade é que este ano já serão 30. E olhando para o meu interior (e mesmo para o exterior) não consigo ver-me com esta idade. Ontem estive a seleccionar roupas para dar e vi que, de facto, existem peças que não voltarei a usar porque simplesmente já não sou a pessoa de há 10 anos atrás.

Durante a minha infância e boa parte da adolescência os meus pais tiveram uma pastelaria. Foi o período da nossa vida de maior conforto financeiro mas foram 10 anos de ausência total de pais. Para agravar a situação, a meio destes anos, os meus avós paternos que tomavam conta de nós partiram. Sempre senti que tinha que desempenhar o papel de mana mais velha, apesar da nossa pequena diferença de idades. Ano e meio a separar-nos, mas a minha mana foi quase como uma filha para mim. 

Depois veio a faculdade aos 17. Sair do estágio hospitalar numa sexta e começar a trabalhar na farmácia numa segunda, aos 23. Não me posso queixar em nada da minha vida. Mas a verdade é que foi vivida na ânsia de conseguir fazer mais e melhor. Aos 25 sai de casa dos meus pais, não casei como queria, mas sou feliz e continuo a acreditar que hei-de realizar este sonho. Fiz uma licenciatura (que terminou como mestrado integrado), um mestrado de especialização na minha área e outros cursos/pós-graduações pelo meio. Mudei de emprego algumas vezes, umas experiências boas, outras nem por isso.

E, aos 29, não tenho o comportamento de adolescente rebelde para aproveitar algum tempo perdido, mas gosto de fazer coisas que me dão prazer... Como tinha pressentido, até agora, os 29 estão a ser muito bons, que assim continuem!

10 comentários:

apenas umas letras disse...

olá. espero que tudo esteja bem contigo. Boa Páscoa, na companhia da família e amigos. beijos. gostei do texto

Chic Maria disse...

r: fiz a minha tatuagem em Faro, se quiseres saber mais pormenores diz :D

Carminho disse...

Tb tenho 29, este faço os 30 e não me sinto nada com esta idade :(

Beijinhos

rosa_chiclet disse...

é normal que isso aconteça.. eu para o ano também vou fazer 30 e acho que o meu espírito é muito mais jovem :)

kisses***

Alexandra disse...

Se quisermos nunca deixamos de ser jovens, basta ter a mente aberta! ^^
Sorrisos,
Alexandra :)

Passa nos meus cantinhos.
http://diariodumanovata.blogspot.pt/
https://www.facebook.com/pages/Diario-de-uma-novata/172176502933968/

Jovem $0nhador@ disse...

é bom termos uma mente jovem seja qual for a nossa idade!

lena disse...

Eu espero nunca perder o meu espírito jovem. Isso é que é importante e nos mantêm activas e saudáveis.
Bom fim de semana e beijinhos grandes.

mary disse...

Acho que é realmente pelas tuas experiências, pelas coisas que fazes e partilhas connosco, que fazia ideia que tivesses talvez uns 24 ou 25! Mas como dizem que hoje em dia os 30 são os novos 20, acho que vais confirmar essa teoria. Realmente a idade pouco ou nada tem a ver, a maneira como escolhemos viver a vida depende unicamente de nós e não de um número :) vivê-la da melhor forma deverá ser sempre a opção!

Palavra Já Perdida disse...

Eu tenho 30 e tou como tu, não me sinto com essa idade :)
Se estão ser bons, é porque realmente fizeste as escolhas certas !

Yorker Girl ★ disse...

Também não pensei que tivesses 29 anos.
Boa páscoa :)

Bjnhs*