sábado, 16 de fevereiro de 2013

Memórias de um Natal

Avô, onde quer que estejas, quero pedir-te desculpa. Esta neta que tem andado a pairar sobre este mundo ultimamente não foi a menina que amaste tanto e a quem deste tanto carinho. Sabes que o pai ainda não foi capaz de diminuir a falta que sinto do teu aconchego. Já passaram tantos anos e tudo o que sou continua a ser uma manifestação do que me ensinaste a ser. 

Sabes o que é pior do que não ter uma árvore de Natal, como aconteceu durante muitos anos? É ter uma que só tem significado para mim. 

A menina a quem a vida roubou prematuramente um amor maior vai continuar a lutar. Sempre. Para te honrar e para que sintas orgulho na pessoa em que me tornei. 

O tempo não me deixou concretizar o meu sonho de te ensinar a escrever, mas prometo que não vou desistir dos meus sonhos. Porque não sei se a vida me vai dar tempo para os realizar.

Paz, luz, amor.

21 comentários:

V* disse...

Tão bonito :')

Identifico-me tanto com este texto...
Há pessoas que nos fazem muita falta e são insubstituíveis.

marisa v disse...

Emocionei-me com as tuas palavras, e isto raramente acontece. Onde quer que esteja o teu avô sorri ao ver-te. :)

MC- Maria Capaz disse...

:')

Yorker Girl ★ disse...

Bom domingo :)

Bjnhs*

Harmony disse...

Compreendo-te, mesmo. Por vezes, quando a memória nos leva a lugares passados e felizes, é quando nos dá uma pontada de dor e saudade. Mas acredita que, com tanto amor, de certeza que o teu avô te olha com orgulho e muito carinho*

DiliciousBlush disse...

Os avos fazem tanta falta... Também tentei ensinar a minha avo a ler :)

Pêdepimponetaplim disse...

Gostava tanto de ter conhecido o meu avô. A minha avó diz me q tenho p feitio dele e o jeito pas artes como ele tinha. Acho q é o meu anjo da guarda, n sei, mas sinto. Beijinho e mta força querida.

Xs disse...

Muito bonito.
O importante mesmo, é nunca perdermos as memórias, e nunca esquecermos as pessoas!

MJ With Love disse...

Também sinto muito a falta do meu avô...

MissLilly disse...

awww que lindo, muito emocionante mesmo e tb me identifico mto com ele

pastora disse...

gostei! :)
mas andamos muito tristinhas... quero ver um sorriso! beijinhoo *

Ju. disse...

Que lindo! Força querida! Quero-te feliz!
Beijinho*

Viagem com tudo incluído disse...

Muito bonito e tocante o teu texto. Um enorme beijinho****

Turista e Artista disse...

Eu não tenho nenhum avô, apenas uma avó que não quer saber de mim para nada. É uma pena, gostava tanto de ter avôs!

Alice Baptista disse...

Tenho a certeza que o teu avo não deixou de ter orgulho em ti :)

S* disse...

Que palavras tão lindas.
Muita força querida, o teu avô está a olhar por ti

Catarina R. disse...

Fiquei emocionada..também sinto imensas saudades do meu avô. Tenho a certeza que o teu estará muito orgulhoso onde quer que esteja:')

Isa ♥ disse...

Ora eu também não me podia identificar mais neste post!

Gaiatas disse...



beijinho

Hibiscus disse...

Lindo, força :)

Ana disse...

beijinho grande e abraço apertado...