sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Reiki #1

Atendendo a alguns pedidos, venho falar-vos sobre a minha experiência enquanto reikiana. Este e outros possíveis posts sobre o assunto não são, de modo algum, um apelo a que façam ou que se interessem por esta Filosofia.


O Reiki entrou na minha vida há alguns anos, estava ainda na faculdade. A minha grande amiga A. apresentou-me a este conceito e a filosofia de vida dela agradava-me (e continua a agradar) bastante. Foi ela que em muito contribuiu para a minha radical mudança de pessimista para alguém que acredita e tenta ver o copo meio-cheio. A verdade é que em 3 anos de trabalho em conjunto (fazíamos sempre grupo em todas as cadeiras) sempre conseguimos estar unidas e entre os melhores.
No Verão passado, numa conversa entre amigos, na qual estava a A. o Reiki veio à baila e eu achei que era o que estava a precisar. Quem já segue o blog há mais tempo sabe que eu não pratico nenhuma religião. Não sendo o Reiki nenhuma religião, está a ser um modo de atingir um determinado grau de espiritualidade que faltava na minha vida. O ter algo em que me apoiar nos momentos de maior angústia, o ter algo para agradecer nos bons momentos. E, na minha vida, existe algo que preciso de curar e que não estou a conseguir através dos medicamentos (curioso sendo eu farmacêutica...): os ataques de pânico.
Antes de começar a praticar Reiki, decidi fazer uma sessão com uma terapeuta no SPA onde vou frequentemente para ter um primeiro contacto. Foi uma experiência única, onde tudo o que senti e que me foi dito estava tão acertado que não tive qualquer dúvida sobre qual o caminho a seguir.
Foi então que fiz o nível 1 e comecei a ver as transformações em mim. E na minha irmã, pois estamos a fazer os níveis juntas. Neste nível aprendemos que tudo se baseia em energia e em amor, e é essa a verdadeira essência do Reiki. E tudo num ambiente de paz e serenidade, tudo aquilo que muitas vezes queremos: uma mente silenciosa, uma paz interior que nos deixe descansar e aproveitar os momentos. No Reiki 1 aprendemos que a energia permite a cura através da imposição das mãos em determinados locais do nosso corpo. Durante 1 mês fiz sempre a minha sessão diária de 1 hora onde fazia as 12 posições. Aquele momento do meu dia era simplesmente fabuloso e permitia-me limpar a mente de todas as preocupações. Eu diria que, até agora, foi o momento alto.
Por agora deixo-vos apenas com a definição de Reiki: rei (universal) + ki (energia). Portanto, será uma energia universal que não é "nossa", sendo nós apenas canais dessa energia.
Quanto ao segundo nível... fica para outro post que este já vai extenso. Quaisquer perguntas ou dúvidas podem colocar em comentários ou enviar email que terei todo o gosto em responder. 

36 comentários:

V* disse...

Gosto da filosofia :)
Nunca experimentei mas agora fiquei tentada!

Suri disse...

Fiz uma sessão há pouco tempo e gostei bastante!

Panda disse...

Faz outro post! ou 20... fiquei com vontade de ler mais =)

marina disse...

Tambem gostei de ler, vou tentar saber mais coisas, podes ir explicando...
Bom fim de semana!!!

Chuva de Prata disse...

Já me fizeram uma vez uma sessão... e é uma sensação tão mas tão boa.
Adora de fazer também mas por aqui nunca ouvi falar em nada do género, tenho imensa pena.

mundo da alice disse...

Ola boa noite:)
Obrigado por partilhares a tua experiencia. o REIKI mudou muito a minha vida e num sentido muito positivo. Tenho o nível 1 e 2 ha muito tempo, mas ainda não fiz o 3, sei que será na altura certa.

Beijinhos,e namaste:)

S* disse...

Nunca experimentei mas quero muito experimentar!
Deve ser uma experiência realmente fantástica e relaxante

Sofia Miacis disse...

Ola! :)

Nunca experimentei, este Verão estive para fazer o primeiro nivel mas tanto em termos de tempo era totalmente incompativel com o meu horario de part time como em termos monetários. Mas adorava porque, e como mostra, deve ser uma experiencia agradavel. E no meu caso não seria para ajudar a controlar os ataques de pânico, mas para controlar a minha ansieadade constante e o sofrer por anticipação :)

Muito bom post

Beijos

Catarina* disse...

bom fim de semana querida :)

Libelinha disse...

Gostei de ler ;)

marissa disse...

Gostei! E acho mesmo que vou experimentar porque por vezes também sofro de ataques de pánico e tomo medicação para acalmar a minha ansiedade, mas por vezes isso não ajuda :s
Gostava que continuasses a falar mais sobre esta filosofia e qualquer duvida de que tenha contacto por mail :)
Beijinhos e obrigada por partilhares :)

Joana disse...

Sou mestre de reiki e venho agradecer a tua partilha em relação à iniciação. Faz falta aqui na blogosfera mais testemunhos desses.

Beijinhos

Jovem $0nhador@ disse...

Parece ser um boa filosofia de vida =)

Turtle disse...

Continua, mas não te fiques pelo Reiki Tradicional. Procura o Reiki Shamballa, por exemplo, que usa a energia a um nível muito mais avançado, mais "poderoso" e essencialmente mais rápido. Existem obviamente outros tipos de reiki, mas sobre esses não sei falar (porque nunca os pratiquei), mas nunca deixam de ser uma opção viável na mesma :) Continua, que estás no bom caminho!

Kuma disse...

É sempre bom conhecer mais reikianos! :)

Beijinhos :3

Shopaholic disse...

great blog :)

db disse...

Visita este meu blog de bijuteria: http://candyyyshoppp.blogspot.pt/ e faz algumas comprinhas (: Obrigado!

Jorge G. Leal disse...

Fiquei curioso... Acho que vou experimentar.

E as Pedras disse...

Gosei muito do testemunho! Venham mais. :)
Estou cada vez mais curiosa.

Andreia Sofia disse...

Nunca experimentei mas a filosofia é brutal! Gostei muito, sigo-te

M. disse...

O meu marido, que é enfermeiro, fez uma formação básica em reiki. Nunca experimentei (e sou um bocadito eléctrica, será que isso resulta em mim?).
Beijinhos e fica bem!
Madalena

Carolina disse...

A minha mãe fez o nível um :)

Hibiscus disse...

Acho bastante interessante um dia gostava muito de experimentar :)

Íris disse...

ainda não tive nenhum contacto com a filosofia Reiki apesar de conhecer. já tive com a ayurvédica e adorei.

Andreia Sofia disse...

É muito bonito!

Sofia Duarte disse...

Sim, eu pessoalmente não aconselho este filme! :s

Charise disse...

Meu deus... Agora parei... Eu também sou reikiana, fá fiz o nivel de mestre... E também tenho ataques de pânico. Que semelhança brutal. Nem consigo comentar... O caminho cruzou-se.

miii disse...

Hmm, gostei do que aqui li! Deve ser interessante!

Beijinho*

Catarina disse...

Acho que todos temos de ter um tipo de fé, não necessariamente religiosa, onde nos agarrarmos e podermos ir buscar forças.
Se é aí que tu vais buscar a tua, acho que fazes muito bem em viver essa filosofia :)

Cate M. disse...

gostei :)

Andreia Sofia disse...

Também gosto muito da mango :D

Sara C disse...

eu tmb sou, tem relógios tão lindos :D

Smile disse...

Fiquei curiosa em experiemntar

GATA disse...

Eu acredito em tudo e em nada, logo parte de mim tem curiosidade em experimentar essas coisas, mas não sei se funcionará comigo...

M. gato dos botões disse...

Obrigada pelo empurraozinho :D
Amanhã lá vou eu fazer o 1º nivel :)
Depois conto como correu.
Obrigada Tear

M. gato dos botões disse...

Não correu :( ontem o mestre cancelou :(