quinta-feira, 29 de novembro de 2012

A autoridade da crítica

Durante muitos anos tive uma vida complicada. Eu e a minha irmã ao mesmo tempo na faculdade, fomos inclusivamente alunas bolseiras, daquelas que precisavam mesmo. O nosso dinheiro chegava para pagar propinas, livros, fotocópias e ainda conseguíamos comprar uma ou outra peça de roupa que iamos precisando. Nesses tempos, vivemos privadas de certas coisas. Provavelmente não nos faziam falta, mas fizemos alguns sacrifícios. Não houveram viagens e bailes de finalistas, festas e saídas.
 
Quando comecei a trabalhar, as coisas mudaram. Fruto do meu esforço comecei a ganhar algum dinheiro. Tive a sorte de começar a trabalhar quando ainda não se ganhava mal na minha área. Nos tempos que trabalhei em farmácia poupei tudo o que podia. Para se ter uma ideia, paguei o meu primeiro e único carro a pronto (era velhinho mas ainda custou uns trocos) e a maior parte das propinas do meu mestrado também ainda foram pagas com dinheiro ganho em 2007/2008.
 
E decidi que era tempo de fazer determinadas coisas que não posso fazer quando, por exemplo, decidir ter um filho. Não sou propriamente nova, estou à beira dos 29. No entanto, com esta idade posso dizer que já fui a alguns dos sítios que desejava ir: restaurantes, spas, hotéis. Já comprei algumas peças que eram objectos de desejo (nada de extravagante, uns anéis CK, uns pares de sapatos, umas malas). Já ofereci os presentes que queria às pessoas que amo. E admito que os meus pais, irmã e querido me possam dizer qualquer coisa sobre este assunto. Mais ninguém! Acho que mereço, tenho perfeita consciência do que faço e, se trabalho, posso gastar o meu dinheiro onde me apetece. Cada pessoa tem as suas prioridades (e nos próximos tempos a minha prioridade máxima será voltar a poupar). Por isso, quando determinadas pessoas criticam algumas das coisas que faço, eu não gosto. Essas pessoas não têm autoridade de criticar porque não sabem o "antes", não sabem o que passei para chegar aqui. Não posso permitir que me critiquem por cortar o cabelo no sítio X e, ao mesmo tempo, pelo facto de todos os meses doar dinheiro à Unicef, simplesmente não faz sentido!

43 comentários:

Ana disse...

essa mania que há de se opinar sobre onde cada um gasta o seu dinheiro é de muito mau gosto. mesmo que fosses milionária e nunca tivesses passado dificuldades o dinheiro é teu, como tal gastas onde queres, e quer se queira quer não, sempre que se compra alguma coisa ajuda-se alguém a manter o emprego.
beijos

Sílvia disse...

A partir do momento em que o dinheiro é teu, ganho com o teu trabalho ninguém tem nada a ver com a forma como o gastas. Destesto esta mania de as pessoas criticarem o próximo sobre a forma como cada um gasta o seu dinheiro. Cada pessoa sabe de si e pronto!

disse...

Eu também detesto esse tipo de comentários! Se uma pessoa ganha para isso, ninguém tem nada a ver com o assunto...! Mas vão existir sempre pessoas mesquinhas, invejosas, que gostam de mandar postas de pescada... :S

OrquideaBranca* disse...

Ninguém tem nada a ver com a tua vida...cada um vive como pode...e lá por andar a crise no ar não significa que tenhamos todos que levar com ela!!! Tu ganhas o teu dinheiro, ninguém o ganha por ti...por isso acho mais que certo que faças dele o que quiseres!! A mim ninguém me diz que não devo gastá-lo nisto ou naquilo...é meu e faço o que bem entender!!! :)

patrícia disse...

Não tens dívidas, pois não? Não deves nada a ninguém, pois não? Então pronto. Falar, hão de falar sempre, porque as pessoas são mesmo assim. Se não deves satisfações a ninguém, trabalhas para teres o que tens, não tens de te preocupar :)

sandra disse...

Ninguem tem nada que opinar a forma como gastas o dinheiro ,o dinheiro é teu gastes e fazes dele o que realmente entendes,agora vou-te dizer disses-te que com quase 29 não és propriamente nova ena então eu tenho 29 ainda sou uma jovem :)

MC- Maria Capaz disse...

:) desde que nao roubes nem devas nada a ninguem a vida é tua fazes o nque quiseres :)

Petite blonde disse...

O dinheiro é fruto do teu trabalho pelo que somente tu é que decides o que fazer com ele! Nem que o atirasses pela janela, ninguém tem nada a ver com isso! As pessoas são invejosas, até mete dó!
Um beijo.

Ana Rita Pereira disse...

Cada um governa-se da forma que acha melhor e ninguém tem nada a ver com isso. Muito menos pessoas de fora, que não conhecem a tua vida.

ℒuna disse...

Como se costuma dizer quem está de fora, racha lenha!

Beijinho ♥

May disse...

concordo contigo! tu só tiveste os os frutos do teu belo trabalho :) e orgulho-me disso!!
não ligues a pessoas alheias :s
continua a ser quem és, trabalhadora!
beijinhos

dropsofmagic disse...

Gostei muito de ler este texto. Identifico-me e não podia concordar mais contigo e com a tua coerência.

Aurora disse...

As pessoas gostam muito de opinar. <3

clara disse...

Cada um gasta o seu dinheiro naquilo que acha que deve. Trabalhaste para isso não foi? Não tens dívidas, então não ligues a esses comentários.

Raquel disse...

oh que querida! muito obrigada :)
e cada um sabe de si, se podes gastar, então força, ninguém tem que meter o bedelho!

Joana disse...

Se ganhas o dinheiro honestamente, acho que ninguém tem nada a ver com isso. Apenas tu. Apesar de haver muitas pessoas, sem vida, que opinam isto e aquilo...

Isa Machado disse...

Não sei como há pessoas que gostam de falar da vida dos outros é falta de vida própria só pode!

Anne Crystal disse...

Tudo o que disseste faz sentido e tens toda a razão querida! Coincidência, hoje também escrevi sobre dinheiro no meu blog!

Jukinha disse...

Revejo-me nas tuas palavras =)


beijinho grande!!

Pirilampa disse...

Revejo-me no teu post...

Benedita disse...

Ninguém tem o direito de criticar, saiba muito, pouco, ou nada de nós. A nossa consciência estando tranquila, está tudo certo! O que esses outros dizem... dá-lhes valor zero. :)
Beijinhos

Palavra Já Perdida disse...

A vida é tua, só a ti te importa.
O resto, deixa...muita coisa é dita com inveja !

rosa_chiclet disse...

não ligues.. aproveita se podes..
isso é só dor de cotovelo..

kisses***

Palco do tempo disse...

cada um define as suas prioridades e ninguem têm nada haver com isso :)

vera ferraz disse...

Esse tipo de critica só pode vir de alguém que não consegue ver mais longe... pobres de espírito, coitadas...

O Blog da S. disse...

Eu também tive uma vida complicada e às vezes com pouco dinheiro para comer. Mas hoje em dia apesar de viver melhor, continuo a poupar muito.

Marta disse...

O que é teu, é teu por direito.

Smile disse...

As pessoas têm sempre de meter a colher. simplesmente ignora.

Fiona disse...

Cada um sabe do seu bolso e das suas finanças. Se tens possibilidades de te dar todos esses miminhos, tens mais é que os gozar e ninguém tem absolutamente nada a ver com isso. Mesmo nada. Se te esforças um ano inteiro a trabalhar, porque não podes tu comprar aquilo que bem entendes? Sinceramente, teardrop, nem ligues a comentários desse tipo... São feitos por gente mal resolvida e que está cheia de inveja porque deseja ter o mesmo que tu ;). Bjs e bom fim-de-semana!

Maria disse...

Há gente que critica tudo e todos...muitas vezes nem sequer são exemplo para ninguém, enfim, se calhar é mesmo isso, enquanto criticam desviam as atenções dos seus actos.
Não se liga! Nem tens que te explicar :)

Little m. disse...

Então se foste tu que o ganhaste, tu é que sabes bem o que fazer com ele e ninguém tem que opinar!!

lacinho rosa disse...

Subscrevo inteiramente as tuas palavras :) Kiss

A♥ disse...

E tens toda a razão. Trabalhas, ganhas o teu dinheiro e fazes o que bem te apetecer com ele. Ninguém tem nada a ver com isso.

Big Kisses

Anita disse...

o dinheiro é teu, e ganho por ti, não roubaste, por isso gasta-o, se podes faze-lo, porque não, o dinheiro e teu e a vida tb.
esses tipo de comentários não faz qualquer sentido.
beijinhos e bom fds

Karina sem acento disse...

Ninguém tem nada a ver com o que tu gastas e queres gastar, independentemente do antes. O dinheiro é teu, fazes o que quiseres com ele. Eu também me passo com esse tipo de comentários, se se metessem na sua vida faziam melhor.

ML disse...

Haverão sempre pessoas que não têm mais nada que fazer...e falam falam falam... tu é que sabes e siga!

*gostei muito do post! :)

Heriwen disse...

Antes de mais, muitos parabéns por todas as tuas conquistas :)

Nos tempos que vivemos, a felicidade alheia provoca muito mau estar às pessoas sem alma, sobretudo quando o assunto é dinheiro. Quanta inveja!

Continua a fazer aquilo que te dá mais prazer, pois nota-se que o fazes com responsabilidade :)

Bom fdsemana!*

Soraia disse...

As pessoas adoram falar do que não sabem.

Stardrug disse...

Tu subscreveste as minhas palavras e eu subscrevo as tuas! A minha história é algo similar e já me afastei de muita gente que acha que pode julgar os outros assim, do pé para a mão. Às vezes engulo, mas outras vezes fico capaz de arrancar cabelos à chapada (hoje). Aguenta...!

*C*inderela disse...

Se há coisa que me tira do sério é quando as pessoas dão palpites sobre as nossas vidas, sobretudo com questões financeiras. Até parece que andamos a pedir dinheiro a essa gente. Enfim.

Sofia Araújo disse...

Ninguém tem nada que se meter na vida dos outros...

Ana disse...

Mesmo que não existisse esse "antes", ninguém tem nada a ver com isso. Também me passam a vida a apontar o dedo por jantar fora 3 ou 4 vezes por semana, por exemplo, e eu costumo perguntar se peço dinheiro a alguém para fazê-lo. Não peço, por isso até podia jantar fora todos os dias que o problema seria meu. Cada um sabe da sua carteira.

A Vida da Cinderela de Saltos Altos disse...

Cada um gasta o que tem como bem entender...