quinta-feira, 21 de junho de 2012

Futebol? E o resto?


Festeja-se na rua com buzinadelas, vuvuzelas, foguetes uma vitória de Portugal. Ao mesmo tempo a minha irmã conta-me que lhe pagaram meia dúzia de euros de subsídio de férias (uma valor ridículo).

Heróis os que jogam futebol, pontapés nos que ajudam a salvar vidas. Grande país este...

(Acabei de passar da alegria à tristeza em segundos!)

21 comentários:

Dina disse...

São as injustiças do nosso país...

Fifi disse...

Pois, o que interessa é o futebol, incrivel como o pessoal se esquece dos problemas que existem, por agora somos os maiores, já nem interessa os problemas, ainda hoje falei disto no meu blog...

Estrelinha disse...

Concordo contigo...e o resto?
Engraçado que ainda agora estava a postar sobre a vitória e abordei o facto dos mega ordenados dos jogadores e da pobreza...

Cátia disse...

Pois. Aqui no nosso país e para muita gente, o futebol é GRANDE!

Sue disse...

As pessoas gostam de fazer como as avestruzes...

*Lili* disse...

Infelizmente o nosso país dá mais valor ao futebol do que qualquer outro país . . . pelo que vejo é o que está a gastar mais nesta brincadeira toda :( e no entanto somos os que mais padecemos em termos de ordenado . É realmente injusto .

Sissi disse...

Estou de serviço na farmácia... se tu visses a pouca vergonha que foi aqui, as pessoas parece que ficam completamente idiotas, ok, podem festejar, mas acho que há limites, e também há festejos e festejos... e como dizes... pontapés aos que ajudam a salvar vidas

O futebol é que é importante... enfim...

Margarida C. disse...

Pois, é o país em que vivemos!

abspinola disse...

É a tristeza de Pais que temos, uns festejam outros choram por viverem num Pais sem pouca esperança para os nossos jovens.

Bjstos

Petra disse...

Concordo totalmente... coitados e sonham que vão ganhar o euro coitados... Como que se mesmo que se cada porguguês facturasse alguma coisa pelas vitórias.
Enfim somos um povinho que se contenta com papas bolos e circo.

Claudia disse...

Pois tb é uma coisa que não percebo...

Di* disse...

Infelizmente nem sempre a nossa sociedade é justa

Framboesa (uma diva de galochas) disse...

Percebo o teu ponto de vista, até porque este ano não recebo qualquer subsidio...
Mas, com todo o respeito, não vejo a ligação entre as pessoas que gostam de futebol festejarem uma vitória da Selecção e o país andar mais para trás...
Já bem basta as pessoas andarem a lamentar-se todos e todos os dias, se houver algum motivo para as fazer feliz (e quem sou eu para avaliar se o motivo é bom ou não?)que sejam felizes...seja pelo futebol, seja pelo que seja....

Não é pelo facto das pessoas festejarem que o país avança.Mas também não é pelo facto das pessoas chorarem que avançará.

Digo eu que também não recebo os subsidios(nem pouco nem muito, não recebo) e nem ligo ao futebol por aí além....mas não me faz diferença ver a felicidade alheia nem que seja apenas por um seão :)

Não leves a mal este comentário ok?beijinhos!

teardrop disse...

Framboesa,
Obviamente não levo a mal. Obviamente como se trata da minha irmã e pelo facto do meu blog ser meu e não dela, não exponho o resto das coisas que se têm passado. Não me irrita a felicidade dos outros. Muito menos a minha irmã anda a chorar com o que lhe fazem.
Fiquei feliz pela selecção mas logo a seguir fiquei revoltada pelo modo como as pessoas são tratadas neste país. Para mim esteve assocido porque Lisboa ficou cheia de carros a buzinar no momento em que ela me contou.
Beijinhos

Framboesa (uma diva de galochas) disse...

:)
Ontem por acaso foi um dia triste para mim...coroado pelo facto de não receber os ditos subsidios, coroado (ainda mais, devo pensar que sou rainha!) pelo facto de ter mudado de emprego e estar a receber muito(muito) menos (ontem recebi o 1.º recibo)...Sabes que a vitória da selecção foi assim uma especie de "pelo menos isto...irra!"

:-))))bjs

FME disse...

aí é que está -.-

Sunshine disse...

Como eu te percebo... país de terceiro mundo...

Joana Oliveira disse...

acho vergonhoso isso.
sempre achei que deveriam de haver maiores cortes no futebol, porque é um autêntico disparate o que se gasta!

Cláudia disse...

É por estas e por outras que não compreendo esse apoio à selecção de todos nós (WTF!?).

Com tanta gente que faz realmente andar este país, dá-se importancia a meia-duzia de marmanjos a correr atrás de uma bola...

Karina sem acento disse...

Concordo contigo. Ainda por cima, estão o ano todo a falar mal disto, que se está cada vez pior e blá blá blá (o que é verdade) mas chega o futebol e já são todos muito patriotas. Acho muito triste esta hipocrisia, mas pronto...

Fiona disse...

Ainda há dias escrevi sobre o mesmo no blog. Que a população deste país parece que anda anestesiada no Euro. Quando terminar esta febre do futebol regressa tudo à dura realidade e à má disposição.

Mesmo sendo míseros euros, a tua irmã ainda teve mais sorte do que eu quanto a subsídio de férias... Nem o vi :(