sábado, 10 de dezembro de 2011

Brutal!

Eu queria a Disarm... E tive-a. Não fez parte do alinhamento de mais nenhum concerto da digressão. Mas um Billy Corgan que parecia não querer sair do palco e um Campo Pequeno inteiro a agradecer o mimo, fizeram-me ficar arrepiada. Mesmo que fosse só para ouvir esta música, que tanto significado tem para mim, já teria valido a pena.

Mas foi (mais) um excelente concerto...

8 comentários:

Dear Daisy disse...

:)

CoriscaRuim disse...

Sortudaaaa!!! :)

ML disse...

MUITO BOM!!

Sua sortuda! ;)

Fiona disse...

Que sortuda!!!!!!!!!!!! E o Natal chegou mais cedo ;)

Candybabe disse...

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh
Estiveste lá...
Adoro essa música!

José Pereira disse...

Ainda bem k gostaste do meu video ;-)

http://www.youtube.com/watch?v=93WtcNON4a8&list=FL25f3d6nJchKRRtJpvpC3Ig&index=1&feature=plpp_video ...

José Pereira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lia disse...

esta é uma das músicas que não me canso NUNCA de ouvir... tem um significado muito grande! é muito especial.