quinta-feira, 7 de julho de 2011

E de repente...

A tua irmã, que tem apenas menos ano e meio que tu, cresce e tu nem te deste conta...

Foi este o choque que tive ao acompanhar a minha mana a uma consulta de imunoalergologia. Fui apenas como acompanhante e limitei-me a ver e ouvir. A postura que ela adoptou perante a médica foi a de profissional de saúde que é, utilizando os termos correctos e uma linguagem muito diferente daquela que costumamos usar enquanto manas. Nunca a tinha visto num ambiente assim e fiquei com uma sensação de orgulho inexplicável por aquela mulher que estava ali ao meu lado ser A minha irmã.

Sempre soube que ela ia chegar longe, é uma força da Natureza. Adoro-te mana linda!

7 comentários:

Margarida disse...

Diz-lhe isso, todos os dias. :)

Bomboca do Amor disse...

Tenho imensa pena de não ter uma relação assim com a minha irmã!
Fica-te bem esse papel de mana "babada".
Beijinhos,
Bomboca do Amor.

Rita Super-Mulher disse...

Acho que podia subscrever tudo. Ter irmãs é tão bom :D

Nokas disse...

Que mana orgulhosa :)

Lux disse...

Tens sorte em ter uma irmã assim...
E acima de tudo, a tua irmã tem muita sorte em te ter... Orgulhas-te dela como de ti! Ou até mais!
Sim, eu sei que sabes o que é isto... E penso que o que piora tudo mesmo é o facto de termos medo de piorar... Isso faz crecer a angústia e por consequência a ansiedade! E também não me apetece tomar Victan. Já chega o Unilan e o anti-depressivo!
Quero evitar a bengala... Só mesmo em último caso é que o tomo, apesar de muitas pessoas me dizerem de que devia tomar mal sentisse os sintomas.
Nós somos o nosso pior inimigo e os medos castram-nos a razão!
Enfim, espero dormir bem esta noite e acordar optima amanhã!
Obrigada pelas tuas palavras!
A sério!

xoxo
Lux

Dear Daisy disse...

Que bonito...quem me dera...

Besito :)

Me disse...

:)

O smile em cima é mesmo isso, um sorriso, porque foi o que aconteceu quando li este texto...

Bisouxxx