sábado, 21 de maio de 2011

Ai Belinha, às vezes mais valia estares caladinha...

"Isabel Figueira rendeu-se aos milagres da medicina e, aos 30 anos, fez a primeira cirurgia estética ao peito.

Isabel Figueira surge agora com outra energia e já sem o preconceito de recorrer a cirurgias plásticas, como manifestava a SapoFama, em 2008, a no lançamento de um novo modelo de soutien: «Parem de fazer cirurgias plásticas! A moda, às vezes, dita aquilo que não é real. Com um sutiã tão deslumbrante como este, não é preciso passar por uma operação.»"

in: Sapo Fama

13 comentários:

Panda disse...

Já parece que aquele que dizia que não queria ser primeiro ministro.

ariel disse...

valia mais estar calada...

NA disse...

Mas... não é legítimo uma pessoa mudar de opinião?!

JUST A GIRL disse...

Pela boca morre o peixe...

pink poison disse...

Essa mulher anda descompensada...

Sea disse...

Pela boquinha lá se foi a peixa xD

Ela realmente está ali com um parafuso a menos xD

Que seja feliz com umas mamocas maiores vá xD

Matilde disse...

Aos 30!!! Nem quero imaginar aos 50!
E sim, mais valia estar caladinha.

teardrop disse...

Caro NA,
Com certeza que sim. É por isso que tendo eu praticamente a idade dela, já há muito tempo que aprendi que os "nuncas" ou os "definitivos" não se dizem nem se apregoam :)

Claudia disse...

ah, ah, ah, há pessoas que pecam muito pela língua!

Bjnhos

Lady Me disse...

"Nunca digas nunca!"

Anónimo disse...

tem idade para ter juizo, agora meeter mamas maiores assim já se sustifica melhor a vida que leva! só é falad ou pelos namorados ou filho e agora pelas mamas o seu tempo já foi nem entrevistas de musica sabe dar! é mais do mesmo corpo bola corpo filho bola ha Maria Chuteira de mamas empreitadas

NA disse...

Voltando ao mesmo... Mas a mudança de opinião (e sua publicitação) reside nisso mesmo: na liberdade que assiste a cada um de, em diferentes (ou até nas mesmas) circunstâncias pensar de forma diferente acerca de determinado ponto (e publicitá-lo em ambas as ocasiões). Confesso que - e indo contra a audiência e a autora aqui do blog - não concordo, nem percebo na íntegra, a vossa posição. Não vejo, aliás, qualquer mal em uma pessoa vociferar "nunca" ou "sempre", se for esse o seu entendimento. Eu não o faço, pq é o meu feitio, mas acho mt bem quem o faça. São pessoas com um carácter diferente. Trar-lhes-á amargos de boca, mas tb terá as suas vantagens. Ser assertivo nem sp é negativo. Pode ser que algum dia mudem de opinião e concordem cmg! ;) NA

Palco do tempo disse...

mudou de ideias LOL :)