terça-feira, 8 de março de 2011

Às vezes dá-me para a crueldade

Enquanto espero que chegue o almoço que encomendámos, vagueio pelo Facebook... Não queria criticar, não queria fazer juízos de valor. Custa-me ver que pessoas que perderam entes queridos há tão pouco tempo façam questão de mostrar o quanto estão felizes (será que sim?), o quanto se divertem, o quanto fazem coisas muito malucas... Cada um encara a perda à sua maneira, é certo. A uns custará mais do que a outros, também é certo.
Eu só gostava que tivessem tido tanta força e energia para acompanherem essas pessoas no final das suas vidas. Coisa que nunca vi fazerem e que me magoa. Magoa directamente e magoa ainda mais por saber que há quem sofra com isso...

9 comentários:

susana disse...

Concordo, infelizmente há muita gente assim...

Andreia εїз disse...

Existem pessoas assim, infelizmente.
Um beijinho

Petra Pink disse...

Como dizes, e muito bem, há várias formas de encarar a perda...
E muitos optam por se mostrar muito alegres, é uma fuga para a frente.
Agora o não acompanhar o ente querido a quando da fase mais crítica, isso já é covardia....
E isso não se justifica...

Claudia disse...

Há várias formas de encarar a perda de um ente querido. Infelizmente algumas nem sempre são as mais correctas e dignas.

Bjnhos

Minhoca disse...

Cada faz o luto da melhor forma que pode, e ha quem precise dessa aparente normalidade e felicidade para seguir em frente

Nokas disse...

Nem todos demonstram da mesma forma...

teardrop disse...

Eu percebo tudo isso, mas o que me choca é o desprezo pela recta final da vida de alguém que SUPOSTAMENTE se ama e que esteve em grande sofrimento...

Com Duas Pedras de Gelo disse...

Vê-se cada coisa no Facebook...

Gizamaria disse...

Existem várias formas, eu passei por 2 muito recentemente e ainda hoje me custa, mostro um ar alegre mas por dentro ainda me doi e muito.
Mas algumas até dá dó e conheço uma que nem lembra a ninguém o luto que fez