terça-feira, 17 de agosto de 2010

Gadgets


No Natal ofereci um GPS ao meu quase marido. Porque nos perdemos SEMPRE, qualquer que seja o destino. E porque o meu sentido de orientação é fraquinho.

O problema é que já nos chateámos mais vezes por causa do aparelhómetro do que por qualquer outro assunto em 9 anos. Qualquer dia perco o amor ao dinheiro que dei por aquilo e mando-o pela janela! (brincadeirinha...)
Foto: Dita von Teese

1 comentário:

Daniela Pereira disse...

Fico mega stressada com os GPS sinceramente a voz da mulher a falar é super irritante mas sem a voz também não é grande coisa.